IMG_3338

Sétimo Dia de Prova e Grande Final

Araxá neste sábado amanheceu com ar de muita disputa, na rampa Horizonte Perdido, os pilotos logo de manha já chegaram com os rostos estampados de alegria, pois nunca tínhamos ficado 7 dias de provas validas em Competições alem de saber que no ultimo dia seria o mata-a-mata, quem se sustenta-se, e se mantivesse bem colocado na ultima prova, poderia mudar o resultado final da Etapa e do Ranking Brasileiro 2012.

Hoje foi elaborado uma prova de contra-vento, criando assim uma dificuldade e com 82 km, apesar de ter a possibilidade de escorar na cordilheira, não foi tão fácil como se aparentava.

Durante o percurso alguns top-fly não conseguiram concluir a prova, tornando assim a expectativa do publico na rampa ainda maior. Assistindo a corrida ao goal, podiamos ver que vários estavam no primeiro pelotão andando forte e se posicionado. O destaque ficou para o Erico Oliveira, Niviuk Icepeak 6. O piloto carioca Erico foi ao chão na intenção de andar mais forte quase que ficou no caminho da prova, levando a turma assim a ultrapassá-lo e o mesmo conseguiu ainda se segurar, e subir, consequentemente voltar para a prova e se posicionar bem novamente, e ele ainda conseguiu matar a prova do dia, com um tempo de 2h12, e com saudação ao publico pousando na rampa.

Na ultima prova do Brasileiro, vários pilotos erraram o goal line, este tipo de ponto foi usando em algumas provas este ano, e alguns pilotos erraram, tornando assim mais improvável o resultado. Durante a apuração foi chegando mais uma turma, a do Sport, que fizeram a prova toda, e qualificando ainda melhor o resultado final para eles, pilotos como Carlos Werneck, Rogério Felix e Alessandro Heringer, da equipe Skywalk, todos voando de Cayenne 4.

Outros destaques foram os estrangeiros neste etapa, tivemos um grande prazer de estar do lado dos amigos, Brett Hazlett (Ozone Enzo), Falko Fischer (Ícaro Maverick II), Roland Zgraggen (AirDesign Pure) e Martin Portmann (UP Trango XC2).

Nesta ultima etapa contamos ainda com a presença de pilotos de todo o Brasil, muito bem representada por um dos melhores do Brasil e do mundo, quem serviu de biruta nos dias de competição nada mais que nosso parceiro e amigo Marcelo Prieto – Cecéu, voando com seu Sol TR2, abria o dia voando alem de ajuda no apoio a montagem de provas e no Staff.

Na rampa foi montada toda uma infra-estrutura, e programação para atender todo o publico e os pilotos da competição. Sombra e água fresca, alem de muita energia positiva, musicas ao vivo e Chopp. As noites iniciavam muito bem, pois todos os dias foram de muita festa. Muitos pilotos ate preferiam voltar cedo pra cidade, para descanso, pois 7 dias de prova em condições fortes, e para muitos até extremas. Tivemos alguns reservas sendo acionados, pilotos trombando nas termais, alguns pousando forte, e alguns incidentes na decolagem, mas vale a pena lembrar que nosso esporte é de alto risco, por isso numa etapa como esta estivemos preparados e prontos para quaisquer eventualidades, tais como: NOTAM durante os dias de competição, Bombeiros, Ambulância, Equipe de Resgate, Staff com vários envolvidos, e a ajuda de uma grande equipe. Este ano Araxá mais uma vez surpreendeu em todos os dias de vôo.

O Campeão consagrado nesta etapa foi o Donizete Lemos – Bigode (Ozone Enzo), mais uma vez campeão da ultima etapa de Brasileiro. Bigode andou forte todos os dias na busca pelo Campeonato Brasileiro, piloto de Santa Catarina, sempre presente nos melhores campeonatos do Brasil.

Nas categorias Serial e Sport, o carioca Alessandro Heringer voando de Skywalk Cayenne 4, fez bonito, levado consigo dois pódios.

Na feminina sempre destaque nacional, Domenica Tcacenco, gaucha, veio com muita vontade de ganhar e se deu muito bem, voando com seu Gin Boomerang GTO.

Nesta grande final, somaríamos os pontos obtidos da primeira etapa em Baixo Guandu-ES, onde o Campeão foi Alfio Jr. (Ozone Enzo). Ele precisava se manter bem colocado para ser o Campeão Brasileiro e garantir vaga para o mundial. Mas o piloto gaucho ainda contava com a forte presença de pilotos top-fly como Maurinho Kotoco (Swing Core 2), Ronnie Koerich (Ozone Enzo), Washigton Peruchi (Niviuk Icepeak), Rafael Barros (Niviuk Icepeak 6), Erico Oliveira (Niviuk Icepeak 6), Milton Vilella (Ozone Enzo), Deonir Spancerski (Niviuk Icepeak 6), Luciano Horn (Ozone Enzo), Richard Pethigal (Swing Core 2), Luciano Tcacenco (Gin Boomerang X), e mais uma grande turma de pilotos que são acostumados a matar prova e andar forte, tais como Nasser Abdnur (Gin Boomerang X), Donizete Lemos (Ozone Enzo) e Frank Brown (Ozone Enzo). Nenhum deles iriam deixar o campeonato escapar entre os dedos, tornou assim o ultimo dia a estratégia mais forte para se manter bem.

 

No Ranking Geral, o Campeão Brasileiro e pela Décima vez, foi o capixaba Frank Brown (Ozone Enzo), ele veio disputando ponto a ponto com essa turma, e no ultimo dia conseguiu virar o jogo, tivemos 12 provas validas neste Campeonato Brasileiro de 2012, com 4 descartes. Foi um jogo difícil para todos, muita resistência e concentração foram importantes para obter a cada dia e a cada prova bons pontos para valer na grande final.

Na categoria feminina, novamente Campeã Brasileira de 2012, foi Domenica Tcacenco (Gin Boomerang GTO).

Na Categoria Sport e levando ainda na categoria Serial, foi o carioca Carlos Werneck (Skywalk Cayenne 4).

Parabéns a toda equipe do STAFF e todos os pilotos que abrilhantaram mais uma grande final de Brasileiro, e nos vemos em 2013.

Resultados: clique aqui